terça-feira, 10 de agosto de 2010

COMO COLORIR UM CANÁRIO COM FATOR VERMELHO

 Este item, na criação de canários com fator, é fundamental pois para se obter bons resultados teremos que apresentar pássaros bem coloridos, com um tonalidade vermelha, brilante , e muito menos, penas coloridas.

Este é quase um trabalho de artesanato pois poucos canários ficarão com as características exigidas.

O canário com fator vermelho suirgiu na cruza com o Tarim da Venezuela, que desta forma transferiu sua cor vermelha ao canário.

A cor original do canário com fator é um alaranjado fortemente queimado puxando para o vermelho. Então através do caroteno vermelho ministrado a alimentação, esta cor é intensificada.

Para que tenhamos bons canários vermelhos, em princípios temos que observar as matrizes com que trabalhamos: pais com defeitos de coloração deveram produzir maus resultados. Devemos adquirir pássaros que estejam em ótimas condições de cor e o próximo possível do Tarim. Isso superado, já vamos nos deparar com outro problema: quando iremos administrar o Carophyl na alimentação de nossos canários.

Encontraremos criadores que por medida de economia só darão corante aos pássaros em época de muda; outros procuram colori-los da eclosão do filhote até o fim da muda porém, a prática mais segura, em se tratando de canários para exposição é ministrar o corante durante todo tempo, para os pais e filhotespois teremos muitos pássaros que perderão penas após a muda e deta forma não ficarão " malhados". Sempre é bom termos um plantel uniformemente colorido até para que possamos avaliar melhor na hora do acasalamento.
      
A forma de ministrar o corante varia de acordo com a forma de alimentação do pássaro. Se a alimentação é uniforme (ração homogenizada) podemos usar uma pequena dose contínua, se a alimentação é variada, comumente o Carophyl vai adicionando ao ovo duas vezes ao dia.
      
 A dose de corante a ser administrada é muito controrvertida e varia de criador para criador. Achamos uma boa prática observar as fezes do canário. Para que tenhamos certeza que o corante está fazendo o efeito desejado o pássaro deve apresentar fezes constantemente rosadas. Salientemos que fezes muito vermelhas é um desperdício de corante pois, uma vez que tenhamos ministrado corante suficiente, todo o excedente será eliminado. Corante em excesso não dará mais ou menos cor ao pássaro mas, em ves disso, pode queimar a plumagem, tirando-lhe o brilho e a tonalidade desejada.outro aspecto a ser tratado é quanto a preparação dos passaros para exposição.

Na primeira muda os canários não trocam as penas duras (r~emiges e retrizes) e por isso deverão ser arrancadas para que atinjam a cor desejada deixando o pássaro com uma coloração uniforme, pois as penas de ninho apresentam menos coloração.


por:
Douglas D'angelo
Mundo Pet Rações
(18) 3621-8231 Araçatuba - SP

7 comentários:

  1. BOM DIA, GOSTEI DAS INFORMAÇÕES, MAIS TEM COMO VOCE ME PASSAR COMO FAZER A MISTURA DO CAROPHIL NA RAÇÃO.
    OBRIGADO.

    ResponderExcluir
  2. BOM DIA, GOSTEI DAS INFORMAÇÕES, MAIS TEM COMO VOCE ME PASSAR COMO FAZER A MISTURA DO CAROPHIL NA RAÇÃO.
    OBRIGADO.

    ResponderExcluir
  3. quantos dias esperamos pra dar aos passaros pimentao que passarao agrotoxicos,obrigado

    ResponderExcluir
  4. quantos dias esperamos pra dar aos passaros pimentao que passarao agrotoxicos,obrigado

    ResponderExcluir
  5. queria saber se ter como deixar ele branco

    ResponderExcluir